Novidades Raffinato Fique por dentro!

Postado em 16 de Janeiro às 09h28

Restaurantes a quilo não podem mais cobrar 10% no Rio de Janeiro

Raffinato Sistemas Governador do Rio sancionou lei que proíbe adicionar a conta a taxa de serviços Os restaurantes que servem comida a quilo, os chamados self-service, estão proibidos de cobrar taxa de serviço,...

Governador do Rio sancionou lei que proíbe adicionar a conta a taxa de serviços

Os restaurantes que servem comida a quilo, os chamados self-service, estão proibidos de cobrar taxa de serviço, normalmente, 10% da conta. A Lei 7.840/2017, sancionada nesta quinta-feira, dia 11, pelo governador Luiz Fernando Pezão, prevê até a interdição dos estabelecimentos que insistirem na cobrança.

Na avaliação do deputado Dica (do partido Podemos), autor da lei, a inclusão da taxa de serviço por estabelecimentos que vende comida a peso se enquadra no conceito de prática abusiva previsto no Código de Defesa do Consumidor (CDC). O deputado diz que, muitas vezes, o cliente nem percebe a cobrança e quando vê se sente constrangido de reclamar.

A nova lei, no entanto, não se aplica nos casos em que os clientes fizerem pedidos direto aos garçons da casa. Mas o percentual, explica a equipe do deputado, incidirá somente sobre o produto servido à mesa pelo garçom. Por exemplo, 10% sobre a bebida. O deputado lembrou, no entanto, que o artigo 4º da lei diz que o Executivo deverá regulamentar a medida por decreto em até 180 dias, detalhando melhor essa situação.

Em agosto do ano passado, houve polêmica com o aumento da taxa de serviço passou a ser de 12%, e não mais os 10% tradicionais, com a mudança na legislação ( da Lei nº 13.419/2017). Pela nova regra, a gorjeta passou a ser incorporada como parte do salário do funcionário e também passou a ser sujeita a tributação. O aumento da taxa foi a forma encontrada pelos empresários para compensar as perdas dos empregados, em lugar de aumentar o salário do garçom.

Fonte: O Globo

Veja também

Parte de lucro de hamburgueria de Florianópolis é destinada a causas sociais14/07/17 Uma empresa de Florianópolis resolveu aplicar parte do lucro com as vendas de hambúrgueres gourmet em investimentos sociais, revertidos em ações que fazem diferença na vida de centenas de pessoas, animais e para o meio ambiente. A proposta, que visa ir além de um marketing social e passa a ser um instrumento de transformação, integra a série de......
Dúvidas sobre a regulamentação da gorjeta10/04/17 A Abrasel nacional listou as principais dúvidas sobre a regulamentação da gorjeta. Confira abaixo e conte com a equipe da entidade para quaisquer outros questionamentos. 1) Gostaria de ter, um por um, com seu respectivo......

Voltar para Novidades