Novidades Raffinato Fique por dentro!

Postado em 02 de Julho de 2018 às 09h35

Softwares Raffinato farão a gestão do “Casa Aveiro”, restaurante da irmã do CR7

O talento de Cristiano Ronaldo no futebol é indiscutível e, embora alguns não concordem, a dedicação do craque faz com que ele seja o atacante mais completo da atualidade. Dedicação que é herança familiar e que agora poderá ser conferida no Brasil pelo empreendedorismo da irmã Kátia Aveiro. O primeiro negócio da empresária será inaugurado em 5 de julho. O restaurante Casa Aveiro trará a culinária típica portuguesa para Gramado, na Serra Gaúcha.
Com 17 anos de carreira e quatro CDs gravados, a cantora deu um tempo na trajetória musical há sete meses para focar nos negócios. “Tive que escolher. Precisava me dedicar ou a uma ou a outra tarefa. Estou dando uma pausa no lado musical.” Kátia observa que os projetos no Brasil são dela, mas que a família apoia. Além do caçula Cristiano, tem mais dois irmãos: Elma e Hugo. “Não são negócios da família ou do meu irmão. Óbvio que tenho incentivo deles, mas são projetos meus. Quero surpreender e homenagear minha família.”
O Rio Grande do Sul foi o ponto de partida escolhido no Brasil. Além do empreendimento gastronômico, Kátia tem investimentos no ramo imobiliário. “Conheci Gramado pelos negócios imobiliários que tenho em Lajeado. O restaurante é o primeiro de muitos outros projetos que virão no Brasil”, revela a irmã de CR7, sem adiantar detalhes de empreendimentos futuros. “A opção por um restaurante português foi porque Gramado não contava com nada no gênero”, completa.
O restaurante em Gramado é o segundo negócio no ramo gastronômico. Kátia inaugurou há dois meses o Cascatas & Girassóis, na Ilha da Madeira, em Portugal. “É outra proposta, mas também traz receitas da minha mãe”, afirma. O estabelecimento terá assinatura de Dolores Aveiro e funcionará na avenida Borges de Medeiros, uma das principais ruas de Gramado. O menu foi elaborado com base nas receitas da mãe, que foi cozinheira em Portugal. “Foi cozinhando que ela sustentou nossa casa e os filhos.” Apesar de não aceitar a denominação de chef, foi a própria Kátia quem montou o cardápio. “Não me considero chef. Era a profissão da minha mãe. Vou mostrar o que aprendi com ela”, afirma Kátia, que escreveu um livro sobre o tema, “As Receitas da Minha Querida Mãe”.
O Casa Aveiro terá capacidade para aproximadamente 200 clientes e deve gerar 50 empregos diretos. O prato central do cardápio será o bacalhau. “Teremos mais opções de pescados e iremos trabalhar com carnes. Será 100% português.” Outro destaque será a carta de vinhos, com cerca de 60 rótulos. “Teremos os melhores vinhos de Portugal, além de vinhos da Argentina, Chile, Itália e outros países.” De acordo com Kátia, o projeto da arquiteta Pollyana Pizzutti une o rústico ao moderno. Decorado com fotos da família e azulejos portugueses, propõe ambiente familiar, aconchegante e sofisticado. “Minha família é a base e a inspiração é minha mãe, Dolores. Quero surpreender a cidade de forma positiva e orgulhar a minha família.”

Fonte: Correio do Povo

Veja também

Lei prevê que restaurantes e similares informem a quantidade de calorias em cada prato06/10/17 A proposta já foi aprovada pelo Senado e CDC Assuntos sobre alimentação e saúde nunca estiveram tão em alta quanto atualmente. Visando a redução dos casos de obesidade e doenças relacionadas ao sobrepeso, tramita entre órgãos federais e estaduais uma proposta que obriga qualquer estabelecimento do setor alimentício – bar, pub,......
Como utilizar a curva ABC para gestão de estoque19/04/17Os estoques podem ser uma dor de cabeça ou uma alegria para os empreendedores, tudo depende da sua organização Para se administrar uma empresa, existe um ponto crucial que separam os “bons empreendedores” de “aventureiros”: ter excelência na gestão do controle do fluxo de caixa. Ou seja, gerar caixa positivo no final do mês,......

Voltar para Novidades