Novidades Raffinato Fique por dentro!

Postado em 30 de Janeiro às 15h04

Lanche Bauru, criado pelo Ponto Chic, vira patrimônio de SP

Raffinato Sistemas O restaurante é cliente da Raffinato Softwares e utiliza os sistemas de gestão otimizados há cerca de 1 ano Criado em 1937 pelo restaurante Ponto Chic e cliente da Raffinato Softwares,...

O restaurante é cliente da Raffinato Softwares e utiliza os sistemas de gestão
otimizados há cerca de 1 ano


Criado em 1937 pelo restaurante Ponto Chic e cliente da Raffinato Softwares, o
sanduíche Bauru é conhecido e apreciado em todo Brasil. E para dar o devido valor
ao lanche, em dezembro de 2018 foi aprovada pela Assembleia Legislativa e pelo
Governador em exercício a Lei 16.914 que intitulou o Bauru como patrimônio
cultural imaterial de São Paulo.

A Raffinato sente-se honrada em fazer parte do gerenciamento da empresa através de
softwares de gestão e parabeniza o restaurante por essa bela conquista.

História
Foi no Largo do Paissandu onde tudo começou, na loja mais tradicional do Ponto
Chic, fundada em 1922. Sua inauguração coincidiu com a Semana de Arte Moderna e
logo os intelectuais e artistas modernistas adotaram o bar como reduto, como
grandes celebridades como Mário de Andrade, Monteiro Lobato e tantos outros.

Os alunos da Faculdade de Direito do Largo São Francisco também se tornaram
assíduos frequentadores. Um de seus mais ilustres alunos, Casimiro Pinto Neto, o
Bauru, que tinha esse apelido por ser da cidade de Bauru, SP, foi o protagonista na
criação do sanduíche mais pedido da casa alguns anos mais tarde (1937).

"Era um dia que eu estava com muita fome. Cheguei para o sanduicheiro Carlos e
falei: - Abre um pão francês, tira o miolo e bota um pouco de queijo derretido dentro.
Depois disso o Carlos já ia fechando o pão eu falei: - Calma, falta um pouco de
albumina e proteína nisso. Eu tinha lido em um opúsculo livreto de alimentação para
crianças, da Secretaria da Educação e Saúde, escrito pelo ex-prefeito Wladimir de
Toledo Piza, também frequentador do Ponto Chic – que a carne era rica nesses dois
elementos. Colocou umas fatias de roast beef junto com o queijo e já ia fechando de
novo quando eu tornei a falar: - Falta a vitamina, bota aí umas fatias de tomate.
Quando eu estava comendo o segundo sanduíche chegou o ‘Quico’ (Antonio Boccini
Jr.), que era muito guloso e pegou um pedaço do meu sanduíche e gostou. Aí ele
gritou para o garçom, que era um russo chamado Alex: Me vê um desses do Bauru."
Os amigos foram experimentando e o nome foi ficando. Todos, quando iam pedir,
falavam: “Me vê um do Bauru” e assim ficou o nome para o sanduíche inventado por
Casimiro.

Sabor inconfundível
Quatro tipos de queijos fundidos em banho-maria (queijo prato, estepe, gouda e
suíço), preparados de um jeito único. A receita ainda leva fatias de rosbife, tomate e
pepino em conserva, tudo no pão fresquinho e crocante.

Os chapeiros do Ponto Chic são treinados para manter o sabor da receita original,
assim, geração após geração, quem visitar as lojas terá sempre a mesma experiência
deliciosa ao provar o verdadeiro bauru.

Algumas lanchonetes adicionaram aos seus cardápios elementos inspirados na
receita do bauru do Ponto Chic, difundindo ainda mais a fama do sanduíche ao redor
do Brasil.


Fonte: Ponto Chic

Veja também

Concurso avaliará melhor comida de quilo do país11/09/171ª edição acontece de 11 a 25/09 e é realizada pela Abrasel A 1ª edição do concurso "O quilo é nosso", realizado pela Abrasel, iniciou na segunda-feira, dia 11/09 e segue até a segunda-feira, dia 25 de setembro. O objetivo é eleger o melhor restaurante de comida à quilo do país  e também premiar os melhores em cada cidade e estado participante. A Raffinato Software sabe da importância desse......
Gorjeta será isenta de ICMS23/10/17 Comissão Técnica Permanente do ICMS atende demanda da Federação Nacional de Hotéis, Restaurantes, Bares e Similares A gorjeta deixou de ser receita própria dos estabelecimentos a partir da Lei nº 13.419/2017......

Voltar para Novidades